domingo, 10 de janeiro de 2010

Blogue inicia segundo ano

Ontem (9) o blogue completou um ano, com 390 notas publicadas. Como eu previa inicialmente, não conseguiria cobrir sozinho todos os acontecimentos da cidade. Já que não pretendo fazer noticiário, mas um mapeamento da cultura de Pelotas, vou informando no ritmo possível sobre "o que é que Pelotas tem" (como diria Dorival).

O "Pelotas, Capital Cultural" compila e gera documentação sobre Pelotas e os pelotenses - em arte, pesquisa e costumes nossos. O objetivo imediato não é anunciar acontecimentos, mas analisar o que já ocorreu, dando preferência a aspectos mais essenciais da cidade, que definam o que ela é. A longo prazo, a meta é que os pelotenses conheçam e renovem a sua cultura, vivendo-a mais e acreditando mais nas suas potencialidades.

Em novembro, o blogue participou numa espécie de experimento entre amigos, com um público de 5 pessoas: foi nosso primeiro evento próprio, que promoveu uma reunião entre blogueiros radicados na cidade (veja nota). Há mais ideias por ser executadas.

Com postagens diárias, o blogue conquistou leitores daqui e de fora de Pelotas. Foi aberto ao público em março, após dois meses funcionando para convidados, registrando então uns 300 acessos de página por semana. Hoje o ritmo oscila entre 700 e 900 semanais.

Em 2009, observamos diversos progressos em nosso meio: a Prefeitura iniciou a restauração do Grande Hotel e do Mercado Municipal, enquanto a UFPel desenvolve reformas e ampliações em todas suas unidades.

Na área privada, tivemos a criação do Instituto Leda Bacci para o Desenvolvimento (leia 2 notas), e do espaço Fábrica Cultural Música pela Música (veja nota); vimos a inserção da Fenadoce na agenda cultural e um aumento produtivo em diversas áreas (literatura, teatro, cinema, música contemporânea), com uma intensa atividade do Grupo Tholl e a criação do movimento Vigília Cultural. A organização da Feira do Livro passa por uma séria crise, e requer uma ampla reformulação. Já no meio virtual:

Mantendo os objetivos do blogue em 2010, tentarei publicar uma agenda para que os leitores de Pelotas possam saber previamente das atividades, presenciá-las e opinar com maior conhecimento.
Fotos de F. A. Vidal
1- quadro de Manoel Soares Magalhães: a Igreja Matriz de Pelotas, hoje Catedral
2-ao fundo o Mercado em reforma; em primeiro plano, aspecto de uma unidade da UFPel

3 comentários:

Anônimo disse...

Parabens pelo segundo ano do blog Pelotas Cultural.Seu propósito é magnífico para a cidade.Eu o acho muito bem feito e seu autor é um Jornalista nato, pois redige muito bem.O blog está muito bem nutrido de notícias cosmopolitas, até. Parabéns. Continuarei a acessá-lo quase que diariamente.Voltarei.Rubens Amador.

Francisco Antônio Vidal disse...

Nosso capital cultural é valorizado por pessoas de outras cidades, a tal ponto que Pelotas é meio cosmopolita e feita mais por não pelotenses: das cidades vizinhas que nos veem como sua capital regional, de outros Estados que obtêm emprego aqui, e turistas que se interessam por nossa zona (e que não sabemos acolher e orientar).
Que bom que mais um pelotense, como seu Rubens, apoie e colabore nesta iniciativa. Todos podem enviar ideias, textos ou imagens.

Manoel Soares Magalhães disse...

Parabéns, Vidal, pelo marcante trabalho jornalístico. O blog é uma janela que se abre às manifestações culturais de Pelotas. Bom gosto e inteligência são as principais características do portal.