domingo, 21 de dezembro de 2014

"O Caminho da Verdade", um presente com Arte

O Caminho da Verdade é, ao mesmo tempo, uma instalação de arte visual, formada por objetos móveis, e um instrumento para trabalhar a visualização interior, que na área da Arteterapia, dá origem a uma oficina de autoconhecimento. A instalação artística, o instrumento e a oficina foram criadas em 2008 pela artista e arteterapeuta portuguesa Cristina Poppe.

Esperança, figura do Caminho da Verdade
A instalação

Criada para a 1ª Bienal Internacional de Artes Plásticas de Montijo (Portugal, 2008), a instalação foi montada em duas partes:
  • uma mandala em espiral centrípeta, com 37 pés esquerdos, esculpidos em gesso, formando uma trilha em direção ao interior de si mesmo (abaixo), e 
  • um caminho curvo, formado por 24 pares de pés (veja aqui), sugerindo um caminhar em grupo. 
Cada objeto traz um desenho e representa um símbolo, e o conjunto pode ser reorganizado à vontade. O trabalho foi premiado na Bienal com 7500 euros (v. notícia).

O instrumento

O material do jogo é uma "caixa de sentimentos", que consta de um baralho de 85 cartas impressas com os símbolos da instalação. Estes pés servem para caminhar em direção da verdade, e cada símbolo representa um aspecto subjetivo da pessoa (gratidão, dor, missão, espiritualidade, liberdade, aceitação, humildade).

O instrumento psicológico pode ativar memórias íntimas, despertar o sentido da autoestima e elevar a consciência de si mesmo. Aplicado em oficina de grupo, o jogo inicia uma viagem emocional que permitirá retratar a verdade e o momento existencial de cada pessoa (também pode aplicar-se coletivamente ao grupo).

O material, que está em inglês e em português, pode ser comprado em Lisboa ou diretamente com a autora. No Brasil, a exclusividade de venda é do Ágape Espaço de Arte, e tem o valor de R$ 150 (R$ 142 à vista). Veja detalhes na página The Truth Path.

A atividade é indicada para quem trabalha com pessoas: psicólogos, educadores, arteterapeutas, terapeutas ocupacionais, psiquiatras, artistas, musicoterapeutas, orientadores espirituais. No Brasil, a oficina ainda não foi aplicada e está em fase de divulgação.

Além do jogo "O Caminho da Verdade", a galeria de arte JM. Moraes está com mais uma edição do Bazart, que oferece obras artísticas produzidas em Pelotas, de vários estilos, temáticas e técnicas, e alguns kits de materiais de arte, separados por técnicas. Os preços são acessíveis, e servem como sugestões para presentear, e para incentivar a criação.

A instalação "O Caminho da Verdade", premiada em 2008, deu origem a um jogo de autoconhecimento.
Imagens: Facebook

2 comentários:

Cristina Poppe disse...

Queridos amigos,
Sinto muita gratidão pela vossa publicação da nossa caixinha do "Caminho da Verdade" no vosso blog!
Seus caminhos em direcção ao Brasil e ao mundo se estão abrindo,também graças a vocês e ao querido João Aires que criou a ponte entre nós e também já desenvolveu uma nova maneira de utilizar as cartas em grupos terapêuticos que se encontra no interior da caixa .Agradeço do fundo de minha alma a Deus e ao Universo ter saído de minhas mãos uma ferramenta tão válida para todos nós que acompanha e reflecte nosso caminho pela vida e suas dualidades e sinto a missão de a continuar a divulgar e passar a todos aqueles que trabalham para sua evolução interior e espiritual.Espero um dia visitar-vos na Agape,em Pelotas, e realizar aí um bonito workshop com o baralho do Caminho da Verdade!
Desejo um feliz Natal para todos e um Novo Ano,um novo começo, repleto de plenitude,paz, amor e muita saúde!Obrigada mais uma vez,
a autora
Cristina Poppe

Francisco Antônio Vidal disse...

Agradecemos ao João pelo contato que abriu novos caminhos, e esperamos receber um dia a oficina.