segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Manuel Bandeira: homenageado da FLIP 2009

Rua antiga de Paraty (RJ)
Conforme o site da FLIP, há um mês foi marcada a data da 7ª Festa Literária Internacional de Paraty: ela transcorrerá da quarta-feira 1 ao domingo 5 de julho de 2009, na sempre bela localidade fluminense (esq.).

O autor homenageado este ano: Manuel Bandeira (1886-1968), pernambucano radicado no Rio de Janeiro, membro da Academia Brasileira de Letras desde 1940.

Os outros escritores homenageados em Paraty foram, desde 2003: Vinícius de Morais, Guimarães Rosa, Clarice Lispector, Jorge Amado e Nelson Rodrigues. Um motivo para escolher Bandeira é que em 2008 se completaram 40 anos de sua morte; por outro lado, mesmo sendo importante nas letras brasileiras, nunca recebeu muita atenção do meio editorial.

Manuel Carneiro de Sousa Bandeira Filho ia ser arquiteto, mas aos 18 anos a tuberculose o afastou dos estudos; conhecendo a poesia, não a deixou mais. A doença também o acompanhou sempre, até morrer de uma hemorragia gástrica, aos 82. Para recordá-lo, os trechos finais de seu poema de 1930 (para maiores de idade) “Vou-me embora p’ra Pasárgada” (no vídeo abaixo, na voz do poeta).

Bandeira aos 68 anos
Em Pasárgada tem tudo
É outra civilização
Tem um processo seguro
De impedir a concepção
Tem telefone automático
Tem alcalóide à vontade
Tem prostitutas bonitas
Para a gente namorar
E quando eu estiver mais triste
Mas triste de não ter jeito
Quando de noite me der
Vontade de me matar
– Lá sou amigo do rei –
Terei a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me embora p’ra Pasárgada.
Paraty parece uma Pasárgada da literatura. Em julho vou-me embora pra lá.


Fotos TrekEarth (1) e Cosac Naify (2)
Vídeo: trecho de "O Poeta do Castelo" (1959), documentário de Joaquim Pedro de Andrade

3 comentários:

Janaina Brum disse...

Um bom blog, Francisco, espero que esta idéia siga adiante!

claudia braunstein disse...

Parabéns Francisco,teu blog é mais uma opção de leitura e desenvolvimento cultural inteligente !!!

teresinha brandão disse...

Quisera ir também a Parati justamente neste evento ... Respirar literatura _ a boa literatura!
Bj! Tê!