segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Um blog pessoal e feminino

Taurus et Cancer é assumidamente um blog pessoal, um verdadeiro diário, escrito em primeira pessoa do singular, que foi como nasceram os blogs. Vou apresentar um, feito em Pelotas, mas que nos transporta a um mundo pessoal.

Após 10 anos de blogosfera, ainda existem os diários? Com certeza, mas a maioria é escrita por adolescentes. Isabel Nogueira iniciou este blog em 16 de junho de 2005; já adulta, portanto (com doutorado em musicologia, inclusive). Em seu texto se notam com grande acentuação e verdade estas três características: é uma pessoa adulta que escreve, é uma mulher de alta feminilidade, e é uma artista de múltiplos talentos. Alguns posts são transcrições, mas quando é a Isabel que fala, o leitor fica admirado com a pureza desses traços.

No dia de início, ela mesma explica o significado do nome Taurus et Cancer e sua motivação para escrever (quanto mais autêntica, menos maiúsculas ela usa).

depois de muito ler os blogs dos amigos, e adorar acompanhar assim eletronicamente um dia de cada vez e seus movimentos, me aventuro no mundo dos blogs.
sei, já sei, não tenho tempo.
não tenho tempo de atualizar, tenho muita coisa pra fazer, mas o caso é que sempre adorei diário, e o blog é um diário em meio eletrônico compartilhado.
assim, que irei postando neste blog, como for possível, os causos [da família], entre os taurus-cancer da casa: pedro de touro, paulo de câncer, e eu touro com ascendente em cancer...

Totalmente pessoal, plenamente consciente do que faz e 100% comprometida consigo mesma, Isabel precisa de um diário para dialogar consigo mesma, e para deixar um testemunho aos filhos.

Ela se apresenta como musicóloga e pianista, que é o que diz seu currículo, mas seu texto respira sensibilidade por todos os poros, e nos confunde sobre qual é ou seria seu principal foco. Segundo o currículo, é a música, mas o blog mostra um leque que praticamente inclui todas as áreas artísticas e humanas: poesia, fotografia, comics, vídeo, cinema, dança, folclore, culinária, roupas, história, sociedade, psicologia, idiomas... Neste blog, vemos belas imagens, ouvimos bela música, captamos sabores e aromas, sentimos emoções e somos seduzidos por este mundo tão... taurino e canceriano.

Afinal, uma mulher de vários cotés, sendo os principais: mãe, filha, pesquisadora e, mais recentemente, bailarina de flamenco. Acima, seu "coté diretora", em 2005 (foto tomada para o livro sobre o Conservatório). Na primeira foto, Isabel aos 20 anos.

O blog está hoje com 17740 acessos, o que Isabel considera um público pequeno, para ser um blog. Mas dividindo esse número pela quantidade de dias, dá como resultado 13 visitas diárias em média. A matemática não mente: Isabel tem vários leitores fiéis, e aqui só estou dizendo algumas razões.

Em 10 de dezembro passado, Isabel postou o que transcrevo abaixo, sob o misterioso título
"munto topante"...
gabriel está se descobrindo no mundo das palavras.
e, de forma muito decidida, faz uso delas, mesmo que não sejam ainda totalmente compreensíveis.
ele adora o pedro, as coisas do pedro, as brincadeiras do pedro, tudo do pedro.
e, do seu jeito criativo, convida o pedro para brincar de "eu, ômalanhadôsi" (homem aranha dois) e "tu, totópisi" (doutor octopus), ou de "quívi" (incríveis). [...]
outro dia, o gabriel chutava alguma coisa (ele esta sempre chutando algo...) e acertou no prato de massa miojo que estava comendo.
bem, tive que parar tudo, dizer a ele que não dá para chutar o prato, que é hora de comer, e ainda por cima resultou numa grande sujeira.
que ele prestasse atenção, porque o que eu estava falando era muito importante.
fiz um pequeno discurso e perguntei se ele tinha entendido que era muito importante. ficou me olhando e concordando, bem serio e concentrado, dizendo "munto topante, mamãe, munto topante..."
pensei em como tem coisas que são "munto topantes" na vida, e em como este olhar serio e concentrado do gabriel me serviria para relativizar...
Fotos de Isabel Nogueira.

6 comentários:

isa disse...

gracias, meu amigo!
adorei a homenagem!
fiquei muito feliz e emocionada!
muito mesmo!
gracias!

Francisco Antônio Vidal disse...

O Gabriel mostra uma sabedoria espiritual, de não se deixar levar pelo superego, por mais realista que seja, e de manter o seu ponto de vista (sem questionar a autoridade) de que as emoções e o prazer são muito importantes também.
Neste novo episódio, ele adquiriu a expressão "munto topante" e tu ganhaste a consciência da relativização. Como foi a mais amada criatura que lhe ensinou o conceito (ou pelo menos tentou), ele deve pensar, em sua percepção de criança, que a relação amorosa com a mãe é que é "munto topante". Como adultos, ficamos pensando se não valerá a pena revisar nossas idéias do que é realmente importante.

teresinha brandão disse...

Parabéns, Francisco, pela maneira carinhosa e o olhar analítico com que apresentaste o blog da Isabel. Perfeito! Dá vontade conhecer um pouco mais realmente desse "mundo topante" a que Gabriel se referiu ...
Parabéns, Isabel, pela maneira delicada com que narras pequenos _ grandes! _ fatos do teu cotidiano!
Vou conferir. Não é sempre que tenho a oportunidade de ler textos de quem "se escreve" por inteiro!
Grande bj, Farancisco!
De antemão, parabéns novamente, Isabel!

Coca disse...

Epa! De inicio pensei que o topante se referia a "touchant" e so lendo os comentarios que me dei conta que em português pensariamos primeiro em importante...No mais o Gabriel esta certo, importante ou "touchant" é assim que deve seguir a vida...

Francisco Antônio Vidal disse...

Touchant = tocante, comovente. (Coca mora na França há anos).

Ana disse...

Sou fã da Isabel e achei linda a homenagem!