segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Fazenda Guadalupe integra pessoas e animais

O centro de recuperação Nossa Senhora de Guadalupe é uma fazenda para dependentes químicos que funciona há dois anos na colônia Santa Eulália, distrito da Cascata. Este domingo (16) houve a graduação de Joselito Machado, que há 12 meses internou-se e seguiu os passos indicados para superar a drogadição e abrir o caminho a uma vida melhor. A alegria era enorme entre os seus colegas e entre os responsáveis da fazenda, pois é a primeira graduação que chega a bom termo nesta fase em que o centro ficou a cargo de Rafael Padilha, interno da fase anterior.

Para internar-se é preciso o desejo de superar o abuso de drogas e contribuir com uma pequena mensalidade. Alguns usuários podem obter auxílios-doença do governo federal, mas além disso o centro pede doações da comunidade (material de construção, alimentos, combustível, livros, dinheiro).

Os métodos usados incluem a laborterapia, orações cristãs, alguns medicamentos, a reflexão pelo programa dos Doze Passos, junto à intensa amizade mútua dos que vivem na fazenda: os homens em recuperação e muitos animais. Boa parte destes últimos são cães e gatos recolhidos das ruas de Pelotas por voluntários que os levam à fazenda, onde se adaptam a um ambiente natural e estabelecem vínculos com a comunidade humana.

Em março passado, a reportagem da TV Nativa apresentou a fazenda Guadalupe pela notícia Luta contra as drogas e apoio dos animais (vídeo abaixo).

2 comentários:

Francisco Antônio Vidal disse...

Em 2013, o coordenador interno era Fábio Schmutz e a propriedade passou para Michele dal Forno. Reportagem da TV UCPel.

www.youtube.com/watch?v=8XDICS_0Lsg

Francisco Antônio Vidal disse...

Diário Popular visitou fazendas, entre as quais a Guadalupe. O nome atual é Centro de Recuperação Terapêutica Santa Nossa Senhora de Guadalupe.
http://www.diariopopular.com.br/tudo/index.php?n_sistema=3056&id_noticia=NzgxMTU=&id_area=Mg==