domingo, 25 de outubro de 2009

Amanhecer, pinturas de Túlio Oliver

O multifacetado artista Túlio Oliver inaugurou terça (20-10) uma nova exposição de telas, no saguão do Centro de Integração do Mercosul.

Os quadros se inspiram na peça musical "Amanhecer", da suite Peer Gynt nº 1, do compositor norueguês Edvard Grieg. A obra orquestral foi composta em 1875, como música incidental para a primeira encenação da peça teatral, escrita por Henrik Ibsen, autor do livro de mesmo nome.

Nesta amostra, o artista plástico rodeou os quadros de decoração natural. Com seu desenvolvido sentido teatral (também é ator), ele costuma fazer verdadeiras cenografias para suas obras visuais, incluindo música e perfumes, o que compromete de modo mais amplo e profundo os sentidos e as emoções do espectador.

Alusões musicais — como neste caso a obra sinfônica de Grieg — e alguns conteúdos espirituais e místicos enriquecem a experiência de apreciar a criação de Túlio Oliver, sejam os adornos de uma simples mesa ou a cenografia de um grande balê. A mesa oferecerá comida, conversa e amizade; um painel teatral será mediador para que a pessoa entenda e viva melhor um espetáculo teatral.

A exposição pode ser visitada até 20 de novembro. As obras estão à venda, e já na tarde da vernissage algumas haviam sido compradas.
Fotos de F. A. Vidal

POST DATA

Desfrute, no vídeo abaixo, as duas suítes orquestrais Peer Gynt (33 min), a começar pelo "Amanhecer" (La mañana). Concerto gravado em 2013 pela Orquestra Sinfônica da RTVE (Rádio e Televisão Espanhola), dirigida por Guillermo García Calvo.

O mesmo trecho foi usado num flash mob da Sinfônica de Copenhagenno metrô da capital dinamarquesa, em abril de 2012 (a música foi escolhida para surpreender e emocionar os passageiros na saída de uma estação fechada para a luz da manhã).

4 comentários:

Anônimo disse...

O artista é muito bom.
Gostaria de saber onde se encontram atualmente os quadros pintados por ele para o Banco Itau, agência da XV de Novembro com Praça Cel. Pedro Osório.

Anônimo disse...

Ainda estão no Banco.Não faz muito que as vi lá.

Anônimo disse...

Acho linda a obra do Tulio, gostaria de saber se ele ainda tem, ou pinta aquelas telas com rebanhos de ovelhas? Se sim, como faço para adquiri-las? Maria Teresa

Francisco Antônio Vidal disse...

Maria Teresa, Túlio segue ativo em seu ateliê no centro comercial Zona Norte. Se não estiver em Pelotas, contate-o por seu perfil no Facebook (tulio.oliver.90)
https://www.facebook.com/tulio.oliver.90/about